quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Saiba que...



"Sou como a lua
Transpareço o meu romantismo
Quando minguo,me recolho
Quando cresço, me inspiro
Quando nova, recomeço
Quando cheia, ilumino"

                       Neidinha Borges
Quando você me olha... me beija e diz que sou linda... mesmo que seja só para esconder alguma arte que tenha feito por aí... eu gosto.Quando estou lavando a louça... e você vem por trás de mim e me abraça... eu estremeço.Quando estamos deitados e você beija meu ombro... ou minha barriga... eu me sinto eterna.Quando estamos distantes e você encurta toda a terra para nos deixar mais próximos... para convivermos nossas rotinas... Quando me dá bom dia.... daquele jeito... querendo ter acordado a meu lado... me chamando de mil amores... ou perguntando se dormi bem...Ou mesmo sem me dar bom dia... Quando no fim da noite... após um cansativo dia... você conversa um pouco comigo... me conta como foi seu dia e pergunta como foi o meu...Quando me liga para dizer que está com saudade... e que só queria ouvir minha voz...Quando eu vejo a 1ª estrela e peço para fazer um desejo e diz que não precisa de mais nada...Ou quando eu fico a admirar a lua e você diz que ela não brilha tanto como meus olhos...Quando você vinha me ver... nem que fosse para ficar 30 min comigo...Quando você diz que sempre voltará pra mim...Eu me sinto... em dívida com a Vida.
Saiba que guardo os embrulhos dos chocolates que me dava...Até a sacolinha!
Um dia estávamos sentados próximos a uma fonte. E você pegou uma florzinha e me deu... Tive vontade de chorar de tão lindo e carinhoso que aquele gesto foi para mim. Gostaria de ter guardado aquela flor... mas você me fez deixá-la lá.

Quando coloquei um salto além dos meus limites físicos e você segurou firme na minha mão... e disse que não me deixaria cair.
Quando eu estava frustrada comigo mesma... e você me abraçou e me deu segurança... por que aconteça o que acontecer sempre estará comigo.
Quando, me surpreendeu, e colocou um anel no meu dedo... mesmo sempre dizendo e repetindo que jamais faria isso... Meu coração enlouqueceu.

Eu lembro de cada gesto. De cada olhar... de cada palavra.
Pois todos me marcaram.

Gosto dos seus 'apelidos carinhosos'... e dos seus carinhos sem apelidos.

Sei que muitas vezes te enlouqueço...

E que sempre dizes que eu sei que sentes por mim, tudo isso...

Mas nada se compara, quando inesperadamente... ou no auge da emoção... dizes:

Eu te Amo.

Nada é capaz de superar tal emoção.


Nenhum comentário:

Postar um comentário