quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Por onde andei

Por onde andei só vi beleza,
apesar de grande ter sido as tristezas
Andei por onde meus pés me levaram.
E os meus pés, foram para onde os dele também foram.

Por onde andei encontrei pessoas,
 na qual bardos deveriam cantar seus feitos!
Porém, essas, daquelas outras, só ganhavam despeito.

Andei por onde palavras machucaram mais que armas,
E, eram empunhadas como se não machucassem ninguém.

Vi crianças sorrindo, apesar de estarem sozinhas.
Vi pessoas cantando, apesar de estarem com fome.
Vi pessoas chorando, apesar de terem tudo o que o dinheiro pode comprar.

E, desse mundo grande,
sei que posso levar ,
a certeza de que,
apesar de nele eu morar...
... Apenas nas simples coisas existentes...
....eu pude me encontrar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário