domingo, 17 de setembro de 2017

Sinto sua falta.
E me reconforto pensando em ti enquanto bebo meu café, lendo um livro, antes de dormir, depois de uma noite de plantão.
Sinto falta de chegar e ir te dar bom dia, ver se dormiu bem e se não sentiu dor.
Sinto falta de me perguntar como foi no trabalho...e se eu estava bem.
Suas perguntas nunca me faltavam.
Era tão bom ter alguém interessada em saber sobre qualquer acontecimento corriqueiro que viesse a se passar.
Adorava quando me contava causos antigos... Principalmente quando eram do meu pai.
Sempre me senti uma sombra da existência dele. Mas da senhora,... 
Quero ser a continuação.
Ah minha vó... sinto como se estivesse aqui. Sinto a sua falta.
Não de uma forma triste...
Apenas com toda a dor da saudade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário